Pages Menu
Categories Menu

Postado por em jun 15, 2014 em Notícias | 0 comentários

Qualidade de vida melhora com a cirurgia minimamente invasiva para a dor lombar

Qualidade de vida melhora com a cirurgia minimamente invasiva para a dor lombar

Resultados de uma pesquisa, publicada na edição on-line do Spine, revelam que os pacientes que se submetem a uma cirurgia lombar chamada de artrodese transforaminal minimamente invasiva obtém resultados melhores em muitos aspectos em comparação aos pacientes que passam por uma  artrodese transforaminal aberta, forma mais invasiva para aliviar a dor debilitante.

“O novo estudo constatou que os procedimentos minimamente invasivos com incisões menores podem reduzir a dor lombar crônica, a hospitalização, as complicações pós-operatórias e as cicatrizes. Eles também podem reduzir os custos e as taxas de infecção em comparação com procedimentos abertos, mais invasivos”, afirma o neurocirurgião especializado em coluna, Cezar Augusto de Oliveira (CRM-SP 123.161).

Para chegar a essas conclusões, os pesquisadores, analisaram, por sete anos, dados de 304 pacientes que passaram pelo procedimento minimamente invasivo. Foram 120 homens e 184 mulheres, com idade média de 62,4 anos, variando de 19 a 93 anos.

Segundo os pesquisadores, os pacientes têm demonstrado uma elevada taxa de satisfação com a técnica minimamente invasiva. A maioria dos pacientes está completamente livre de dor, retornou ao trabalho e às atividades diárias e tem uma melhor qualidade de vida após a cirurgia minimamente invasiva.

FONTE: JORNOW

Publicar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Link permanente: