Dor Na Coluna: Você Sabe De Onde Vem Sua Dor?

Você sabe de onde vem a sua dor? A maioria das pessoas acredita que a dor na coluna e a dor nas costas são iguais e não há diferença entre elas. Dor nas costas é mais comum e não afeta apenas os idosos. Um público mais jovem (incluindo crianças e adolescentes) também relata queixas recorrentes nas práticas médicas. Mas nem toda dor nesta região está associada a um problema mais sério.

Dor nas Costas x Dor na Coluna

A dor nas costas é geralmente associada a fatores musculares ou problemas com um órgão do corpo. No primeiro caso, a tensão ou lesão muscular pode ser responsável pelo aparecimento da dor causada pelo trabalho repetitivo ou pela necessidade de um esforço físico muito intenso. Nesses casos, a dor nas costas sinaliza uma sobrecarga que coloca em risco a região.

Doenças em outras áreas do corpo também podem afetar a região posterior. Um exemplo é a osteoporose, que é uma redução na densidade de massa óssea mais comum em mulheres. Esse distúrbio metabólico pode causar dores nas costas frequentes. No caso de doença renal, a maioria não causa dor lombar, mas o aparecimento de cálculos nos rins ou no trato urinário, bem como em alguns casos de infecção do trato urinário, pode causar dor regional intensa por radiação, incluindo a virilha. Os sintomas podem incluir cólicas, cansaço, fadiga e reações dolorosas que podem interferir ou até impedir certas atividades ao longo do dia.

Já a dor na coluna é devido a problemas ósseos: alterações degenerativas dos discos ou articulações intervertebrais; deslizamento vertebral; desvios do eixo normal da coluna; envolvimento da coluna vertebral por patologias como hérnia de disco, artrite, estenose espinhal, osteofitose e outras doenças. Os sintomas são ainda piores: a dor pode se espalhar para outras partes do corpo, como pernas, braços, nádegas, etc. Em alguns casos, a dor nas costas pode ser considerada uma deficiência, o que afeta significativamente a qualidade de vida de uma pessoa. Perda de sensibilidade e queimação e/ou  formigamento na região (que também podem irradiar) também são comuns.

O que fazer ao sentir Dor na Coluna Vertebral?

A dor na coluna pode revelar contraturas simples ou tensão muscular levando a um tratamento mais fácil ou até natural. Por exemplo, mudanças ergonômicas no ambiente de trabalho, postura correta em todas as atividades diárias, exercício regular de atividades físicas e dieta balanceada são algumas configurações que evitam dor na coluna. Uma vez instalada, a dor pode ser tratada com alguns medicamentos prescritos. No entanto, é importante alertar contra os riscos da automedicação. O uso de analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares é especialmente perigoso se o paciente não tem conhecimento da causa da dor nas costas e não recebeu um medicamento prescrito adequado.

Dor devido a um problema na coluna vertebral geralmente significa um tratamento mais cuidadoso. Como essas doenças podem ser graves em muitos casos, o paciente deve ser tratado por um especialista em coluna vertebral e encaminhado apenas ao melhor tratamento para o seu caso após um diagnóstico preciso. Nunca ignore a dor nas costas, sempre procure ajuda médica! Se você conhece a verdadeira causa da dor, o tratamento será eficaz e seguro. E lembre-se: investir em hábitos preventivos é sempre a melhor opção.


Fontes:

https://www.itcvertebral.com.br /dor-na-coluna/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *