Discopatia Degenerativa: O Que É?

Discopatia degenerativa é uma alteração que geralmente é encontrada em exames de imagem, como raios-X, ressonância magnética ou tomografia computadorizada. Isso significa que o disco, localizado entre as vértebras individuais da coluna, de  genera, ou seja, perde sua forma original. Por exemplo, aumenta o risco de hérnia de disco. Uma discopatia degenerativa não significa que a pessoa tenha um disco de hérnia.

Algumas características da discopatia degenerativa são a presença de:

  • Fibrose levando ao endurecimento do disco intervertebral;
  • Diminuição entre os espaços intervertebrais, achatando o disco;
  • Espessura reduzida e mais fina que outras;
  • Curvatura do disco, fazendo com que o disco pareça curvo;
  • Osteófitos, isto é, o crescimento de pequenas estruturas ósseas nas vértebras da coluna vertebral.

Essas alterações são mais comuns na área da coluna lombar entre as vértebras L4-L5 e L3-L4, mas podem afetar todas as áreas da coluna vertebral. Se nenhum tratamento para melhorar a qualidade do disco for realizado, a conseqüência mais comum é o desenvolvimento de uma hérnia de disco. Entre as vértebras C6-C7, as hérnias discais L4-L5 e L5-S1 ocorrem com mais freqüência.

Causas Discopatia Degenerativa

A degeneração do disco, como também é chamada, ocorre devido a fatores como desidratação do disco, rachaduras ou quebra do disco, que podem ser causados por inatividade física, trauma, exercício extenuante ou trabalho duro, além do envelhecimento em si. Embora possa afetar os jovens, os mais afetados têm mais de 30 a 40 anos. Pessoas que passam muitas horas sentadas e precisando inclinar o corpo o dia inteiro como, por exemplo, motoristas de caminhão, secretárias e dentistas, têm mais chances de apresentarem alterações de disco. Não há necessidade de um grande evento traumático para desencadear a degeneração do disco, pois ele pode progredir silenciosamente e progressivamente ao longo da vida.

Sintomas Discopatia Degenerativa

A discopatia degenerativa pode não mostrar sintomas, especialmente em pessoas mais jovens que ainda não desenvolveram hérnia de disco. Geralmente é descoberto em um exame de imagem, especialmente em ressonância magnética ou tomografia computadorizada. No entanto, pode haver sintomas como dores nas costas que pioram ou causam tensão.

Degeneração Discal tem Cura?

É possível melhorar a qualidade do disco, eliminando totalmente a dor quando ele está presente. O tratamento para melhorar a qualidade do disco consiste em duas hipóteses: cirurgia para hérnia de disco preexistente ou fisioterapia para dor e mobilidade restrita.

Algumas diretrizes importantes para uma hérnia de disco degenerativa e sem sintomas, sem hérnia de disco, é manter a coluna em boa postura enquanto caminha, senta, deita, dorme e fica em pé. Além disso, também é importante evitar o esforço físico. Se você precisar levantar objetos pesados, faça-o corretamente, sem forçar a coluna. Treinar como musculação sob orientação profissional 2-3 vezes por semana é adequado para todas as pessoas sedentárias que passam muito tempo na mesma posição enquanto trabalham.


Fonte:

https://www.minhavida.com.br/ saude/temas/hernia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *