CLAUDICAÇÃO NEUROLÓGICA (DOR AO CAMINHAR)

A Claudicação é um tipo de dor na perna que aparece principalmente quando o paciente caminha.

É muito comum que ela comprometa as duas pernas, piore à medida que a pessoa siga caminhando e só melhore quando ela senta.

Uma das marcas desta condição clínica é a de que ela ocorre intermitentemente. Ela desaparece após um breve descanso e o paciente pode recomeçar a caminhar até que a dor desapareça.

Essas dores são frequentes em pessoas de mais idade e podem comprometer muito a qualidade de vida.

A claudicação geralmente indica uma oclusão arterial crônica grave (doença arterial periférica), geralmente por aterosclerose. O quadro pode estar relacionado ao uso crônico de cigarro, à hipertensão arterial e processo aterosclerótico.

O primeiro tratamento para a claudicação intermitente é feito com exercícios (caminhadas em solo ou esteira) adequados e programados. Aquecer os membros e controlar os fatores agravantes, como o tabagismo, a hipertensão arterial, as dislipidemias, o diabetes, a glicemia, etc.

Como evitar a claudicação intermitente?

  • Se fumante, parar de fumar;
  • Fazer exercícios com regularidade;
  • Manter níveis sanguíneos adequados de açúcar e colesterol;
  • Controlar a pressão arterial;
  • Manter o peso ideal.

Outras doenças podem dar dores parecidas, especialmente os problemas de circulação, mas uma das causas mais comuns é a estenose lombar ou síndrome do canal estreito lombar.

 

Fonte:

 https://www.cirurgiadacoluna.com.br